Sobre

Meu nome é Neco Torquato Villela, natural  e morador de Santa Rita do Sapucaí – MG.

Sempre procurei informações históricas sobre nossa cidade para compreender e entender a história dos meus antepassados que viveram aqui, desde antes da fundação da cidade.

Meu foco é o século XIX, pois nossa cidade sofre com falta de documentos desta época, seja por falta de conservação e/ou seja pelo fato da vila de Santa Rita da Boa Vista ter pertencido a várias outras cidades nesse período (chegando a ser conhecida, na literatura, carinhosamente, como Santa Rita das “Petecas”).

Nestas idas e vindas a várias cidades da região encontrei muito material interessante os quais copiei, transcrevi ou simplesmente consultei.

Como a documentação é um dos fatores que confirmam e atestam a história, senão o principal, pretendo colocar aqui transcrições, cópias e fonte de documentos que já pesquisei, auxiliando assim a pesquisa de outros amigos amantes da história de Santa Rita do Sapucaí.

71 respostas a Sobre

  1. Roosevelt de Almeida Santos disse:

    Parabens pelo Site encontrei boas informações genealógicas sobre minha família.

  2. Carlos Henrique de Toledo Magalhães disse:

    Parabéns, pela iniciativa. Gostaria de saber a origem familiar de Barbara Mendes uma das esposas de Joaquim Ribeiro de Magalhães, filho do Capitão João Vilela de Magalhães e Maria Joaquina de Magalhães. Pai de Maximiano Mendes de Magalhãesde (meu Bisavó) o qual foi casado com Maria Palma Magalhães. Obrigado !

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Carlos Henrique,

      O que tenho sobre os filhos de Joaquim Ribeiro de Magalhães e Barbara Carolina Mendes são os seguintes dados:

      1 – Maria Victoria de Magalhães, batizada em 14 jul 1867 em Sta Rita, sendo padrinhos Manoel Ribeiro de Carvalho e Maria Candida Vilela;
      2 – Maximiano Mendes de Magalhães, batizado em 12 mar 1870 em Sta Rita, sendo padrinhos José Pedro Mendes e Maria Evangelista da Palma;
      3 – Joaquim, batizado em 18 dez 1872 em Sta Rita, sendo padrinhos José Antonio Mendes de Carvalho e Maria Joaquina de Magalhães.
       

      Outra informação sobre o casal é a licença de casamento que está na Cúria de Pouso Alegre, em resumo ela diz:

      10/02/1892, Maximiano Mendes Pereira e Maria Palma de Magalhães – orador filho de Joaquim Ribeiro de Magalhães e Bárbara Carolina Mendes, neto paterno de João Vilella de Magalhães e Maria Joaquina de Magalhães. A oradora e filha de Jose Carlos de Magalhães e de Maria Evangelista da Palma, neta paterna de João Vilella d Magalhães e de Maria Joaquina de Magalhães – consangüinidade em 2 grau de linha lateral igual por ser o pai do orador irmão do pai da oradora.
       

      Uma pista que talvez possa te ajudar é: era muito comum usar como padrinhos de batizado dos filhos tios e os avós paterno e materno. Penso que, pelos padrinhos de batismos dos filhos do casal, Bárbara seja descendente dos Mendes de Carvalho de Aiuruoca.

      Espero que essa informações possam te ajudar. Caso consiga algo, me avise.

      Inté e boa sorte!

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Carlos,

      Encontrei algumas informações referente a Barbara Mendes que podem te ajudar a encontrar a ascendência desta: a licença matrimonial de
      João Mendes Ribeiro de Carvalho e Henriqueta Carolina Mendes de 28/12/1885. Ela diz:

      Ele é filho de Joaquim Ribeiro de Magalhães e Bárbara Carolina Mendes. Ela e filha de José Antônio Mendes de Carvalho e Perciana Cândida do Prado. Com impedimento de consanguinidade de 2º grau lateral igual e simples pois o pai da Oradora é irmão da mãe do orador.
       

      Espero que ajude!

  3. Carlos Henrique de Toledo Magalhães disse:

    Obrigado pelas valiosas dicas. Té mais !

  4. Carlos Henrique de Toledo Magalhães disse:

    Boa Noite ! Você sabe quem são os pais de Antônio Ribeiro de Magalhães e sua esposa Maria Secunda de Magalhães ? Uma da filhas se chama Maria da Conceição Ribeiro e foi casada Com José Feliciano Telles. Obrigado

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Carlos,
      Dei uma olhada nos meus registro e não encontrei nada sobre o casal. Vou coloca-los em minha lista, caso ache alguma coisa eu te comunico.

      Inté!

  5. Carlos Henrique de Toledo Magalhães disse:

    obrigado !

  6. maria luiza disse:

    Meu amigo,
    fiquei muito feliz de conhecer seu site com tantas memorias boas de n/ terra.
    Se eu puder contribuir de alguma forma estou as ordens.
    Tenho algumas coisas q/ poderão ser uteis.
    Um abraço da M.Iza

  7. Roosevelt de Almeida Santos disse:

    Prezado amigo, gostaria de saber se você tem em seu arquivo alguma informação sobre:Laurindo Ribeiro de Carvalho, meu bisavo, nascido pelos anos de 1840-1845,
    em MG, não tenho o local. Faleceu em 21 de março de 1903 em Guaxupé, foi sepultado no Cemitério Parochial da Catedral de Guaxupé. Filho de Marcelino Ribeiro Moraes e Rita Carvalho Duarte. Foi casado com Candida Carolina Ribeiro, que tambem assinava como Candida Carolina do Prado, nascida em Paraguaçu, MG,
    em 1848. Faleceu a 15 de outubro 1938 na Fazenda Passa Quatro entre Muzambinho e Guaxupé.
    Seu Site é maravilhoso, muito obrigado

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Roosevelt,

      Não tenho nenhuma informação sobre Laurindo, mais deixei anotado aqui, qualquer coisa eu te aviso.

      Inté!

  8. Nidia Telles disse:

    Oi, Neco. Adorei as suas pesquisas. Também adoro saber sobre Santa Rita de antigamente. No meu blog tem um endereço do site do Wilton, um senhor de Silvianópolis que me descobriu na Internet e que tem árvores genealógicas de várias famílias daí. Dê uma olhadinha.

    Abraços santarritenses

    Nidia

  9. Carlos Henrique de Toledo Magalhães disse:

    Fiquei muito feliz com a sua descoberta. Barbara Carolina Mendes e José Antônio Mendes de Carvalho eram irmãos. José Antonio Mendes de Carvalho foi padrinho de Joaquim filho Joaquim Ribeiro de Magalhães e Barbara Carolina Mendes. Falta descobrir agora de quem eles eram filhos – Um abraço !

  10. Oi Neco
    Bacana seu trabalho de pesquisa sobre Sta Rita do Sapucaí, é uma bela e importante cidade do vale do silicio. Sou de BH, conheço a cidade de Sta Rita e tenho amigos moradores na mesma, pertencentes a familia Firmino. Mas o assunto que me trouxe ao seu site é para pedir ajuda e orientação, se me permite, é um assunto nâo pertinente a suas pesquisas. É sobre sementes de Stevia que voce ofereceu num determinado forum (que não me lembro mais o nome). La no forum voce ofereceu sementes de Stevia para doar. Estou a busca de sementes dessa variedade, interessado em saber onde as conseguiu e se ainda as tem para doar, vender, ou que achar conveniente. Atenciosamente – Donizeti Manoel R Correa

  11. Denise Magalhaes Fernandes Elias disse:

    barbara mendes(babinha) é irma do tio silvio mendes que e´casado com a conceicao palma magalhaes mendes
    oi primo carlos Henrique
    Saudades prima Denise Magalhaes Fernandes Elias
    Sao Paulo
    tudo bem Neco talvez possa te ajudar

  12. Eliane Firmino disse:

    Sou de Tubarao/Sc tenho o sobrenome firmino, gostaria de saber a origem da familia firmino, de onde sao os firminos.

  13. CARLOS HENRIQUE disse:

    Oi prima Denise , segundos as informaões obtidas pelo Neco Torquato. Barbara Carolina Mendes era mãe do Maximiano Mendes Magalhães, portanto avó do Gilson Mendes de São Gonçalo do Sapucai. Um grande abraço !

  14. CARLOS HENRIQUE disse:

    Corrigindo Avó da Conceição Magalhães Mendes e bisavó do Gilson Mendes

  15. Edna Hypolito disse:

    Oi,Neco Torquato.
    Estou pesquizando sobre minha familia ,e achei um antecedente meu nascido em
    Santa Ana da Sapucahy.
    Voçe sabe aonde acho o livro de batismo de Santa Ana ,anterior a 1790?
    O nome dele era Manuel Nascimento de Jesus ,filho de Antonio Gomes de Freita Guimaraes e de Dona Maria Rosa Rodrigues( ou tambem Rodrigues Machado)
    Grata por qualqeur infornação
    Edna

  16. Elaine Paiva disse:

    Oi Neco!
    Estou visitando seu blog, através de um link do vale independente, da qual sou leitora assídua. Sei que no vale independente, tem fotos antigas, memórias de Santa Rita do Sapucaí, enfim… sou uma “curiosa” a procura de informações sobre essa cidade. Eu não sou natural daqui, porém meus pais e meus filhos são. Além do vale independente, estou sempre lendo o Empório de Notícias, já li também sobre a memória das casas demolidas na praça(Ciro de Luna Dias), li também sobre a atuação dos médicos no passado, através do livro escrito pelo Dr. Eduardo Adami, enfim é isso. Eu procuro passar aos meus filhos, a importância de se conhecer, ou até mesmo entender os “porquês” da historia da cidade onde nascemos. Pois assim como no meu caso, mesmo estando longe do lugar onde se nasceu, se tenha sempre boas lembranças e uma saudade gostosa e principalmente orgulho de ter nascido ali. Vou acompanhar seu blog e indicá-lo a outras pessoas, quem sabe assim, poder ajudá-lo em suas pesquisas???

    Abraço Fraterno,
    Parabéns pelo blog!

    Elaine

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Oi Elaine,

      Obrigado pela visita e pela força!
      Muito louvável essa sua atitude, parabéns! Se todos fosse assim como vc, certamente teriamos muito da história de nossas cidades preservada.

      Inté!

  17. Jorge Luiz de Paiva disse:

    prezado Neco, primeiramente te parabenizar pelo belo trabalho de resgate da memória de Sta Rita e do Sul de Minas. Quero agradecer tambem por ter propiciado encontrar antecedentes de minha mãe, Maria Isabel Mendes que é sobrinha neta de Henriquieta Mendes, irmão do avô João CArlos mendes, que é filho de José (Pedro) Mendes, que é irmão de Barbara Carolina Mendes, que são irmão de Joaquim Eloi Mendes, que deu o nome a cidade de Eloi Mendes. Sobre Maximiano José Mendes, casado com Maria Joaquina de Magalhães você tem alguma informação?

    um abraço

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Jorge,

      Obrigado pelo força!
      Tenho aqui que Maximiano José Mendes é meio irmão de Barbara Carolina Mendes, filho de João José Mendes de Inês Claudina de Carvalho. Sua esposa, Maria Joaquina de Magalhães e filha de Joaquim Ribeiro de Magalhães e sua primeira esposa, Ana Victoria Ribeiro, neta paterna do Cap. João Vilela de Magalhães e Maria Joaquina de Magalhães, e neta materna de Vitor Modesto Ribeiro de Carvalho e Emerenciana Ribeiro Pereira.
      Filhos de Maximiano e Maria Joaquina:

      1. Joaquim Mendes Ribeiro;
      2. Sajob Ribeiro Mendes;
      3. Emília Mendes Ribeiro;
      4. Ernestina Mendes Ribeiro;
      5. Maria Mendes de Magalhães;
      6. Inez Constância Mendes;
      7. Maximiano Mendes.
       

      Espero que te ajude!
      Abraços

      • Sarjob Mendes Neto disse:

        Boa tarde Neco !!! Eu sou o Sarjob Mendes Neto,filho de Maximiano Mendes Neto x Maria Conceição Mendes,neto de Sarjob Mendes x Ambrosina Mendes de Carvalho e bisneto de Maximiano José Mendes x Maria Joaquina de Magalhães,aqui vai a relação dos filhos de Maximiano José Mendes x Maria Joaquina de Magalhães : Joaquim ( tio Kico ) nasc em 14/04/1875,Sarjob nasc. em 26/03/ 1877, Emília nasc. em 22/12/1878, Ernestina nasc. em 22/01/1881,Ana nasc. em 10/091882, Maria nasc.17/04/1884, Loretto nasc. em 29/03/1885, Ignês nasc. em 29/10/1887,Alzira nasc. em 22/11/1889, Maximiano, e a caçula Gabriella nasc. em 13/03/1894, sou pai da Eloá e Primo da Sueli…abraços Neco

        • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

          Olá Sajob,

          Que felicidade receber sua visita e essas informações riquíssimas que você passou! Fico muito feliz, principalmente por estar ajudando toda a família!

          Grande abraço e obrigado!

  18. Jorge Luiz de Paiva disse:

    Obrigado Neco.

    Realmente me esclareceu, pois nas pesquisa eu não tinha a informação da 2a. esposa do João José Mendes, pai de Barbara CArolina Mendes.

    um abraço

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Jorge,

      Para te ajudar, segundo Silvia Buttros, João José Mendes casou-se duas vezes:

      A primeira com Bárbara Maria Rangel:
      1- Maria Teresa Mendes c.c. João Eleutério da Cunha (filho de Antônio Joaquim Alves Taveira e Ana Esméria da Cunha);
      2- Purcina Maria Rangel c.1ªs c. João Bueno Mendes (filho de Felisberto José Mendes e Maria Ferreira) e em 2ªs c. Antônio Felício Pereira.
      3- Ana Maria Mendes c.c. Francisco Barbosa Sandoval (filho de Francisco Barbosa Sandoval e Maria Atônia do Canto);
      4- João Pedro Mendes c.c. Helena Maria da Cunha (filha de Antônio Joaquim Alves Taveira e Ana Esméria da Cunha);
      5- Antônio Caetano Mendes c.1ªs c. Ana Clara Cardoso (filha de Jerônimo Cardoso da Silva e Clara Maria de Jesus) e em 2ªs c. Maria Pinto Ribeiro (filha de Domingos Pinto Ribeiro e, possivelmente, Ana Ferreira Cardoso);
      6- Joaquim Elói Mendes c.c. Mariana Bárbara da Conceição (viúva de João Carvalho de Oliveira, filha de Mariano José de Freitas e Francisca Maria do Nascimento)
      7- Bárbara Carolina Mendes c.c. Joaquim Ribeiro de Magalhães (viúvo de Ana Vitória Ribeiro, filho de João Vilela de Magalhães e Maria Joaquina);

      A segunda com Inês Claudina de Carvalho: (5 filhos, sobreviventes 4):
      1- José Antônio Mendes de Carvalho c.c. Presciliana Carolina do Prado (filha de Manoel Luís do Prado e sua 2ª mulher Mariana Carolina Pereira de Magalhães);
      2- Maria do Carmo Mendes c.c. Balbino Luís do Prado (filho de Manoel Luís do Prado e sua 1ª mulher Ana Jacinta Pereira de Magalhães);
      3- Inês Carolina Mendes c.c Américo Luís do Prado (filho de Manoel Luís do Prado e sua 2ª mulher Maria Carolina Pereira de Magalhães);
      4- Maximiano José Mendes c.c. Maria Joaquina de Magalhães (filha de Joaquim Ribeiro de Magalhães e Ana Vitória Ribeiro).

       

      Abraços,

      • Jorge Luiz de Paiva disse:

        Neco, obrigado por mais estas informações. São importantes para eu fechar a genealogia de minha mãe. Localizei no site dos Mormons uma filha do João José Mendes de nome Luiza Mendes, nascida em 1820. Ela existiu?

        um abraço e obrigado

        • Neco Torquato Villela disse:

          Jorge, nos registro que eu tenho não aparece o nome Luiza. Provavelmente ela deve ter morrido na infância.

          Abraços,
          Neco

        • Jorge de Paiva,

          Eu estou procurando a origem de nascimento do meu avô Joaquim Mendes de Carvalho, casado com Belmira Liria da Rosa. Meu pai nasceu no sul de Minas Gerais, em São José do Alegre. A minha bisavó por parte de avô é Mariana Umbelina de Paiva e casada com Antonio Mendes de Carvalho. Fiquei sabendo que meu avô morreu em 1928, em Ouro Fino. Se tiver alguma informação adicional me envie, por favor.

  19. osvaldo do rego flores disse:

    Oi Neco
    Parabens pelo seu trabalho.
    Estou fazendo a arvore genealogida da Familia Magalhaes. Esta familia vieram de pernanbuco para Bahia – Correntina. Hoje está com 715 pessoas. sei como é difícel adquirir dados. e por isto que vanglorio pelo trabalho.

    Grande abroço

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Osvaldo,

      Realmente o trabalho é duro e depende de tempo. Como eu trabalho, só sobra tempo para fazer essas pesquisas para os feriados e nos períodos de férias.
      Parabéns pelo seu trabalho também!

      Abraço

  20. Eloá Cabrera M. Mendes disse:

    Neco, realmente parabéns pelo trabalho. Sempre tive curiosidade em saber mais sobre minha família, minha tia falava mas eram tantos nomes que se repetiam… e minha família Mendes era comum o casamento entre primos que sempre me confundia. Meu bisavô Sarjob Mendes, saiu de Santa Rita e veio para a região de Araçatuba e foi um dos pioneiros na pecuária. Várias histórias… ainda quero conhecer a região de Santa Rita e Elói Mendes. A propósito, meu nome é Eloá por causa dele..

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Eloá,
      Seu bisavô Sarjob Mendes era filho de Maximiano José Mendes e Maria Joaquina de Magalhães? Maximiano era meio-irmão do Barão de Varginha, Joaquim Elói Mendes, e Maria Joaquina era sobrinha do mesmo Barão, filha de Joaquim Ribeiro de Magalhães e Barbara Carolina Mendes (irmã do dito barão).
      Qdo vier a Sta Rita, terei o maior prazer em te mostrar minhas pesquisas sobre os Ribeiro de Magalhães.
      Abraços!

  21. Suelí Mendes carvalho disse:

    Nexo,fiquei feliz ao ler notícias sobre a minha família.sou bisneta de Maximiano José Mendes ,neta de Sarjob Mendes.gostaria muito de saber dados sobre minha avó, Ambrosina Mendes,casada com Sarjob. Queria saber quem foram seus pais,o pai era juiz de direito em Campanhã,me parece, queria ,se possível saber em que ano e que cidade eles se casaram. ,e se ainda existem descendentes dessa família em Santa Rita., Desculpe, o seu nome saiu errado no inicio,mas eu não sei consertar ,Neco,

  22. Suelí Mendes carvalho disse:

    Nexo,fiquei feliz ao ler notícias sobre a minha família.sou bisneta de Maximiano José Mendes ,neta de Sarjob Mendes.gostaria muito de saber dados sobre minha avó, Ambrosina Mendes,casada com Sarjob. Queria saber quem foram seus pais,o pai era juiz de direito em Campanhã,me parece, queria ,se possível saber em que ano e que cidade eles se casaram. ,e se ainda existem descendentes dessa família em Santa Rita., Desculpe, o seu nome saiu errado no inicio,mas eu não sei consertar ,Neco,
    Obs: sou prima da Eloá.

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Suelí,

      Infelizmente, a única informação que tenho a respeito do seu avô Sajob, é a q postei abaixo para a Eloá. Desconheço até o nome da esposa dele e qdo se casaram.

      Inté!

  23. Oi Neco,tudo bem?sou trineto de Antonia Dias da Silva filha de José Camilo Villela e Francelina Villela minha trisavô nasceu na cidade de Baixa Grande,Bahia meu tataravô José Camilo Villela nasceu em Mundo Novo,Bahia cidade próxima de Baixa Grande,Bahia,sou Professor de Historia em São Paulo e estou fazendo a arvore genealógica de minha Familia Silva Machado de Baixa Grande,Bahia e descobri através da certidão de nascimento de minha bisavó materna Francisca Assis da Silva filha de Celestino da Silva Machado e Antonia Dias da Silva que sou da Familia Villela,estou pesquisando e buscando Documentos dos Silvas Machado e Villelas de Baixa Grande,Bahia em breve vou buscar Documentos dos Villelas de Mundo Novo,Bahia,quando terminar de pesquisar o século XIX,vou pesquisar os Documentos dos Villelas de Salvador já no século XVIII,por onde entraram os três irmãos portugueses que deram origem aos Villelas da Bahia,Alagoas,Sergipe,Minas Gerais e Pernambuco,meu e-mail é shlomo.18.israel.com@gmail.com,agradeço sobre informações genealógicas do ramo baiano dos Villelas,obrigado e tudo de bom.

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Célio,

      Sou descendente do português Domingos Vilela cc Maria do Espírito Santo, amplamente estudados em as “Três Ilhoas” de José Guimarães, livro que continua a ser a fonte de referência principal. Vc pode encontrar mais informações sobre os Vilelas no site do Projeto Compartilhar http://www.projetocompartilhar.org/Familia/Villela.htm

      Anotei aqui os dados que vc me passou, se eu encontrar algo dos seus nas minhas pesquisas, te aviso.

      Inté!

  24. Jorge Luiz de Paiva disse:

    Prezado Neco, Eloa e Sueli,

    Sarjob era morador na fazenda Monte Alegre em Cordislândia ( antiga= Paredes do Sapucaí). Era primo de meu bisavô João Carlos Mendes, filho de José Antonio Mendes Carvalho. No inicio do século XIX vendeu a fazenda para João “Santiago” Maciel do Prado, que fora construída por seu pai Maximiano José Mendes Carvalho e mudou-se para Araçatuba. Um tio meu, chamado Américo, chegou a mudar-se com ele para Araçatuba, mas não adaptou ao calor daquela região. A fazenda Monte Alegre ainda está funcional com um Neto do João Santiago, que é casado com minha tia Maria Isabel.

    um abraço

  25. Jorge Luiz de Paiva disse:

    Prezado Neco, Eloa e Sueli,

    Sarjob era morador na fazenda Monte Alegre em Cordislândia ( Paredes do Sapucaí). Era primo de meu bisavô João Carlos Mendes, filho de José Antonio Mendes Carvalho. No inicio do século XIX vendeu a fazenda para João “Santiago” Maciel do Prado, que fora construída por seu pai Maximiano e mudou-se para Araçatuba. Meu tio Américo, chegou a mudar-se com ele para Araçatuba, mas não adaptou ao calor daquela região. A fazenda Monte Alegre ainda está funcional com um Neto do João Santiago, que é casado com minha tia Maria Isabel.

    um abraço

    • Jorge Luiz de Paiva disse:

      Prezados, desculpe a falha, foi no início do sec XX, por volta dos anos 1920 e não século XIX,

      um abraço

      • Suelí Mendes carvalho disse:

        Prestado Jorge Agradeço a sua informação sobre meu avô Sarjob Mendes Achei muito interessante ,porque tenho uma foto desta fazenda, mas não sabia onde era situada… Acho que cheguei a conhecer o tio Américo pois ele tentou vir novamente para Araçatuba, entre 1960 e 70… Ele era casado com D. Glorinha, e tinha vários filhos .. Seria esse Américo ao qual você se refere? Gostaria muito que você me respondesse …um abraço

        • Jorge |Luiz de Paiva disse:

          Oi Sueli, é o mesmo Américo sim. tanto ele, quanto a tia Glorinha já são falecidos. Hoje em sua casa mora uma filha que não se casou, é em frente a casa de minha mãe em são gonçalo do sapucaí. A sua bisavó Ambrozina era filha do bisavõ de minha mãe – José Antonio Mendes Carvalho. Eles se casaram em 1907 em SGSapucaí.

          • jose newto noronha almeida disse:

            Sr. Jorge,seria este o saudoso Américo Mendes, violonista e violinista? Se for esse, o Amauri Mendes, emérito professor de violão que mora em P.Alegre é o filho caçula dele.

            Abraço,

  26. Benedito Raimundo Alves disse:

    Ola Neco, primeiramente meus parabens pelo site. Sou descendente do Cap. Roque de Souza Magalhães e Maria Izabel de Magalhães, quem sabe vc. pode me ajudar a encontrar os pais Jesuina Guilhermina de magalhães c.c. Joaquim Teixeira de Carvalho. Agradeço Benedito.

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Benedito,

      Jesuina Guilhermina de Magalhães é filha do Cap João Vilela de Magalhães e Maria Joaquina Pereira (ou Magalhães), neta paterna de Caetano José de Souza Magalhães (irmão do Cap. Roque) e Felicia Maria Vilela, neta materna do Cap Joaquim Ribeiro de Carvalho e Maria Isabel Pereira de Magalhães (sobrinha de Caetano José).

      Já o Joaquim Teixeira de Carvalho, as únicas informações que tenho dele é que ele trabalhava para o Cap Joaquim Ribeiro de Carvalho e que em alguns documentos assinava Joaquim Teixeira de Carvalho Cintra. Mas, infelizmente, não tenho a ascendência dele ainda.

      No meu banco de dados Joaquim e Jesuína tiveram 11 filhos, 10 sobreviveram.

      Espero que te ajude!

      Até!

  27. Benedito Raimundo Alves disse:

    Ola Neco, sua informação foi grande valia para mim. Se prcisar de alguma informação eu tenho um bom bancos de dados. Quando vc. tiver um tempinho me envie os filhos da Jesuina. Agradeço muito pela sua atenção abraço Benedito.

  28. Benedito Raimundo Alves disse:

    Oi Neco. Recebi seu mail, mas deu um pau no meu computador, vc. poderia me mandar de novo. Benedito.

  29. cristina disse:

    Olá , sou Cristina Mendes gostaria de saber se vc pode me ajudar a encontrar um pouco da minha historia meus avós são Benedito Bueno Mendes e Maria Conceição (avós paternos) meu pai José Vitor Mendes( meu pai é natural de Eloi Mendes) se vc puder me ajudar de antemão te agradeço.
    Inté…

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Cristina,

      Tudo bem?
      O foco de minhas pesquisa é Sta Rita do Sapucaí. Se seus avós forem dessa cidade, talvez possa ajudar. Eles são de Sta Rita?

      Inté!

  30. Oi Neco,tudo bem?quero parabeniza-lo por suas pesquisas sobre o ramo mineiro dos Villelas,eu contratei uma pessoa da cidade de Mundo Novo,Bahia que vai fazer a Busca do Obito de meu tataravô materno José Camilo Villela,e em minhas pesquisas descobri o registro do Tenente-Coronel Manoel José Villela de Carvalho no ano de 1814,na cidade de São Francisco do Conde,Bahia,no Livro de Batismo de 1814 1825,obrigado e um abraço.

  31. Jorge |Luiz de Paiva disse:

    Prezado Neco, aqui estou novamente a te pedir ajuda. Em seu blog tem uma relação de inventários relacionados a Itajubá. Nesta relação consta o inventário de João Francisco Grillo, de 1782 da Comarca do Rio da Mortes. Estou trabalhando na história da cidade de Cordislãndia e João Francisco Grillo foi um dos primeiros detentores de sesmarias naquelas paragens. No IPHAN de SJdel Rey encontrei a carta de sesmaria, porém não localizei o inventário. Seria possível me confirmar a existência desse inventário em SJdel Rei?
    obrigado

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Jorge,

      Não sei te dizer se o inventário de João Francisco Grilo está ou não no Fórum de Itajubá. Sei que teve uma enchente na região, em 2000, e muitos inventários e testamentos foram “descartados”, pois os mesmo ficaram sob a água durante muito tempo e não foi possível recuperá-los a tempo.
      Se você quiser, pode entrar em contato com o departamento de história FEPI de Itajubá e pedir a indicação de um aluno de história para verificar nos arquivos do fórum se existe ou não o tal inventário e, se existir, transcreve-lo.

      Abraços

      • Jorge |Luiz de Paiva disse:

        Ok Neco, obrigado pelo retorno. Como se trata de uma relação do prof. Walter, ele poderia ter esta informação?

        • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

          Jorge, quando entrei em contato com o pesquisar Wilson Rios, para solicitar a autorização para publicar o índice em questão, ele me disse que tinha um resumo de alguns inventários. Então, penso que o mais prático é entrar em contato com ele e perguntar. Te passo o telefone do mesmo por email e você verifica.

          Até,

  32. EBER MOREIRA disse:

    MINHA AVO SE CHAMAVA DEOLINDA FIRMINO DE RIBEIRÃO PRETO SERRANA

  33. fernando henrique vieira santos disse:

    gostaria de saber se Vc tem algum conhecimento de meus tataravos Gregorio vilela magalhães casado com ana rita de jesus sua .obriga. .filha maria rita magalhaes.obrigado

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Fernando,

      Infelizmente não tenho nenhuma informação sobre seus tataravós.
      Vc pode passar mais informações sobre eles, como: local onde viveram, prováveis locais de nascimento, casamento, data de nascimento do filho mais velho? Assim fica mais fácil levantar alguma informação.

      Inté!

  34. ana lucia disse:

    Gostaria de confirmar alguns dados que tenho o sr, Felizberto Jose Mendes e Maria Ferreira seriam os pais de Francisco de Salles Mendes marido de Maria Isabel Mendes que sao os pais de; Joaquim Mendes (tenho a certidao de obito), e de Dr. Jose Mendes e outros filhos batisados em eloi mendes( periodo de 1.868 – 69 – 70 ).Gostaria de saber se os filhos de Jose Mendes tem esses dados para que eu possa continuar a arvore. grata Ana Lucia Mendes neta de Oswaldo Mendes ( nasceu em 1.900) que é filho de Joaquim Mendes (que faleceu em 1.945).

  35. ana lucia disse:

    desculpe na solicitação anterior esqueci de agradecer, grata pela atençao. Ana Lucia Mendes.

  36. Maria J. G. Magalhães disse:

    olá, meu nome é Maria J. G. Magalhães minha avó hoje já falecida com o nome de Benedita Barbosa de Magalhães, morava em Monte Santo de Minas Gerais.
    Tem uma senhora em Santa Rita de Sapucaí , com o mesmo nome e sobrenome idênticos, mas acredito que não seja parente e sim uma coincidência.
    Minha avó creio que nasceu em 1908, ela tinha uma loja de tecidos em Monte Santo.
    Ela criou meu pai e meu tio Iguatemi, sozinha. Quando já idosa frequentava a igreja assembléa de Deus

  37. Élide Fátima Pires disse:

    olá, tudo bem??
    Gostaria de ter notícias da sra. Emília Aziz Murad, d. Melica, mãe de Elias, sogra da Ana Maria, e avó de Wadi. Morei em Santa Rita do Sapucaí, no começo da década de 1980, trabalhei como Assistente Social da APAE, na verdade implantei o Serviço Social na entidade. E quando aí morei, residi no Vista Alegre, na casa da sra. Inês, costureira do Ride Palhaço, mãe de Geovani e Miltinho, este casado com a neta do dr. Edmundo, e depois fui morar em casa da d. Melica. Se puder mandar notícias, dessas pessoas, agradeço imensamente. Sou de Campinas e tenho muitos amigos em Santa Rita!!
    Grande abraço, e mega sucesso em seu trabalho!!
    Élide

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Élide,

      Infelizmente D. Melica nos deixo em 1997, aos 86 anos. Sei que a mesma tem filhos vivos, Elias e Vitor, se não me engano.

      Até!

  38. Patrícia Bocaiuva disse:

    Olá!
    Você saberia me dizer algo sobre a família da Inês Claudina de Carvalho, irmãos, pais…
    Grata,

    Patrícia Bocaiuva

    • Neco Torquato Villela Neco Torquato Villela disse:

      Olá Patrícia,

      A única informação que tenho dela é que a mesma foi a segunda esposa de João José Mendes. O casal teve 4 (José Antônio, Maria do Carmo, Inês Carolina e Maximiano José).

      Até!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *